Qual é a função de um disjuntor e como eles funcionam?

Função e operação dos disjuntores:

1. Função de um disjuntor:

Um disjuntor é um dispositivo elétrico projetado para proteger um circuito elétrico e seus componentes contra sobrecorrentes, curtos-circuitos e outras falhas elétricas. Sua principal função é interromper o fluxo de corrente elétrica quando ocorre uma condição anormal, evitando possíveis danos ao circuito, equipamentos e garantindo a segurança do pessoal. Os disjuntores atuam como interruptores que podem ser operados manual ou automaticamente para abrir ou fechar um circuito em condições normais e de falha.

2. Componentes básicos de um disjuntor:

  • Contatos: Os disjuntores consistem em contatos condutores que podem ser abertos ou fechados para interromper ou permitir o fluxo de corrente.
  • Mecanismo Operacional: O mecanismo operacional controla a abertura e fechamento dos contatos. Pode ser manual, onde um operador ativa fisicamente o mecanismo, ou automático, onde ele responde aos sinais dos dispositivos de proteção.
  • Sistema de extinção de arco: Quando os contatos abrem, um arco elétrico pode se formar devido à interrupção do fluxo de corrente. O sistema de extinção de arco extingue este arco para evitar danos e garantir uma interrupção rápida.
  • Unidade de disparo: A unidade de disparo é um componente chave que detecta condições anormais no circuito e sinaliza ao disjuntor para abrir os contatos. Pode ser térmico, magnético ou uma combinação de ambos.
  • Invólucro: os disjuntores são alojados em compartimentos para protegê-los de fatores ambientais e garantir a segurança.

3. Operação de Disjuntores:

  • Operação Normal: Durante a operação normal, o disjuntor permite que a corrente flua através de seus contatos fechados. O mecanismo operacional mantém os contatos na posição fechada.
  • Detecção de sobrecorrente ou falha: Quando ocorre uma sobrecorrente ou falha no circuito, a unidade de disparo detecta a condição anormal. A unidade de disparo responde com base no tipo de falha – térmica para sobrecargas prolongadas e magnética para curtos-circuitos.
    • Disparo Térmico: Em caso de sobrecarga prolongada, o disparador térmico detecta o calor gerado pela corrente excessiva. À medida que a temperatura atinge um ponto crítico, o disparador ativa o mecanismo de operação para abrir os contatos, interrompendo o circuito.
    • Disparo Magnético: Para curtos-circuitos com rápido aumento de corrente, o disparador magnético responde rapidamente ao intenso campo magnético gerado. Ele aciona o mecanismo operacional para abrir os contatos quase instantaneamente.
  • Abertura de Contatos: Assim que a unidade de disparo sinaliza o mecanismo de operação, ela é ativada para abrir os contatos do disjuntor. À medida que os contatos se separam, um arco elétrico se forma devido ao fluxo de corrente interrompido.
  • Extinção de arco: O sistema de extinção de arco desempenha um papel crucial na extinção do arco elétrico. Isso pode envolver técnicas como o uso de calhas de arco, bobinas magnéticas ou materiais específicos projetados para resfriar e desionizar o arco.
  • Recurso sem desarme: Muitos disjuntores modernos possuem um recurso de “livre de desarme”, garantindo que mesmo que alguém mantenha a alavanca de operação na posição fechada, o disjuntor desarmará se a proteção sistema sinaliza uma falha.
  • Fechando os Contatos: Após a falha ser eliminada e o mecanismo de operação ser reinicializado, o disjuntor pode ser fechado manual ou automaticamente, restaurando o fluxo de corrente através dos contatos fechados.

4. Tipos de disjuntores:

  • Disjuntores de ar (ACBs): Use ar como meio de extinção de arco.
  • Disjuntores a óleo: Empregue óleo como meio de extinção de arco.
  • Disjuntores a vácuo: Use um vácuo para extinguir o arco.
  • Disjuntores SF6: Utilize gás hexafluoreto de enxofre para extinção de arco.
  • Disjuntores em caixa moldada (MCCBs): Disjuntores compactos com material isolante moldado.
  • Disjuntores Miniatura (MCBs): Projetados para proteção de baixa tensão em aplicações residenciais e comerciais.

Em resumo, os disjuntores desempenham um papel crítico nos sistemas elétricos, protegendo os circuitos contra sobrecorrentes e falhas. Eles operam através de uma combinação de unidades de disparo térmico e magnético, juntamente com um sistema de extinção de arco, para garantir a interrupção rápida e segura da corrente durante condições anormais. A escolha de um tipo específico de disjuntor depende da aplicação, do nível de tensão e de considerações ambientais.

Recent Updates