Como podemos ouvir o som atrás do alto-falante?

Ouvir som atrás de um alto-falante é um fenômeno conhecido como radiação de ondas traseiras ou radiação de ondas traseiras. Isso ocorre devido ao projeto e construção da caixa do alto-falante e à interação entre as ondas frontal e traseira produzidas pelo alto-falante. Aqui está uma explicação detalhada de como podemos ouvir o som atrás de um alto-falante:

  1. Design do alto-falante:
    • Os alto-falantes são projetados para converter sinais elétricos em ondas sonoras audíveis. Eles consistem em um diafragma (ou cone), uma bobina de voz presa ao diafragma, um ímã e um invólucro rígido. Quando um sinal elétrico passa pela bobina de voz, ele interage com o campo magnético produzido pelo ímã, fazendo com que o diafragma vibre.
  2. Onda frontal:
    • As vibrações do diafragma criam compressões e rarefações no ar, gerando ondas sonoras conhecidas como onda frontal. A onda frontal se afasta do alto-falante e é o som pretendido que os ouvintes devem ouvir.
  3. Onda posterior:
    • Simultaneamente, à medida que o diafragma vibra, ele também empurra o ar dentro da caixa do alto-falante. Esta ação gera um segundo conjunto de ondas sonoras conhecido como onda traseira. A onda traseira viaja para dentro do gabinete e, em alguns casos, pode ser direcionada para a parte traseira do alto-falante.
  4. Design do gabinete:
    • O recinto desempenha um papel crucial na determinação da direção e do comportamento da onda posterior. Diferentes tipos de invólucros, como invólucros selados, invólucros com portas ou designs com defletores abertos, podem afetar a interação entre as ondas frontal e traseira.
  5. Compartimentos portados:
    • Em gabinetes com portas, uma abertura ou porta específica é projetada para permitir que a onda traseira escape. Isso pode resultar na percepção do som atrás do alto-falante, especialmente se o ouvinte estiver posicionado próximo à parte traseira do alto-falante.
  6. Reflexões e Difrações:
    • As superfícies e materiais ao redor do alto-falante podem influenciar o comportamento da onda traseira. Reflexões e difrações da onda traseira em superfícies próximas podem contribuir para a percepção do som atrás do alto-falante.
  7. Padrões de interferência:
    • A interferência entre as ondas anterior e posterior pode criar padrões complexos de reforço e cancelamento. Essa interferência pode afetar o campo sonoro ao redor do alto-falante, levando a variações na percepção do som dependendo da posição do ouvinte.
  8. Distância e posicionamento:
    • A distância entre o ouvinte e o alto-falante, bem como a posição do ouvinte em relação ao alto-falante, influenciarão a percepção da onda posterior. O efeito pode ser mais perceptível próximo à parte traseira do alto-falante.
  9. Acústica da sala:
    • As características acústicas da sala, incluindo o tamanho, a forma e a presença de superfícies reflexivas, também contribuem para a percepção do som atrás do alto-falante. A acústica da sala pode aumentar ou diminuir os efeitos da radiação de ondas de retorno.

Em resumo, ouvir o som atrás de um alto-falante é resultado da interação entre as ondas frontais e traseiras produzidas pelo alto-falante. O design da caixa do alto-falante, a presença de portas e o ambiente acústico circundante contribuem para os padrões complexos de radiação sonora que os ouvintes podem perceber atrás do alto-falante.

Recent Updates